segunda-feira, 24 de maio de 2021

A Reserva Natural Reluz (ES) participa do 14º Encontro Geral da Rede de Gestores das Unidades de Conservação do Corredor Central da Mata Atlântica.

 Olá amigos(as), 

a Reserva Natural Reluz participará no dia 25 e 26 de maio do 14º Encontro Geral da Rede de Gestores das Unidades de Conservação do Corredor Central da Mata Atlântica que terá como foco as Boas Práticas em Gestão de Unidades de Conservação.

A Reserva Natural Reluz apresentará a experiência educativa "Produção de material didático para filhos de brasileiros na Áustria, a partir da RPPN Reserva Natural Reluz"

Essa experiência de compartilhamento nos dá muita alegria e fortalece cada dia essa Rede de proteção do Meio Ambiente. 

Renata Bomfim (Gestora da RPPN Reluz). 


terça-feira, 4 de maio de 2021

Agência de Notícias de Direito dos animais (ANDA) divulga o projeto Reluz na Estrada, da Reserva Natural Reluz, ES.



Amigos(as) o ANDA, Agência de Notícias de Direito dos animais, primeiro veículo jornalístico do mundo que combate a violência social e a destruição do meio Ambiente a partir da defesa do direito dos animais, publicou hoje, dia 04-05-2021, uma reportagem sobre o Projeto RELUZ NA ESTRADA, desenvolvido pela Reserva natural Reluz, em parceria com a PRF. 

domingo, 4 de abril de 2021

Ciclo de Diálogos Reluz: Meio Ambiente e Educação (com as presenças do Prof.º Dr.º Francisco Aurélio Ribeiro e da Prof.ª Dr.ª Karina de Rezende-Fohringer.

 


Amigos(as), esperamos vocês no Novo Ciclo de Diálogos do Instituto Ambiental Reluz com o tema "Meio Ambiente e Educação". Dias 19/04 às 20h e 26/04 às 13h no instagram
Nossos convidados são essas pessoas queridas, de reconhecida contribuição nesses campos, e membros do Instituto Ambiental Reluz, o Prof.º Dr.º Francisco Aurélio Ribeiro e a Prof.ª Dr.ª Karina de Resende-Fohringer. Terei a alegria de mediar esses diálogos.

Segue o currículo de ambos:
O Prof.º Dr.º Francisco Aurélio Ribeiro é Possui mais de 30 anos de experiência na área de Ensino e Pesquisa. Esta significativa experiência docente provém de sua atuação como professor em diversas Instituições de Ensino, públicas e privadas. Foi Secretário de Cultura da UFES no período de 1992 a 1995, sendo responsável também pela coordenação de cursos em nível de Especialização e Pós-Graduação. É um defensor do Meio Ambiente e hoje responde como Diretor Secretário do Instituto Ambiental Reluz, dedicando-se à produção de livros infantis com temáticas que privilegiam a ideia de uma relação de harmonia e respeito para com os seres e a natureza.

A Prof.ª Dr.ª Karina de Rezende-Fohringer é doutora em Letras (com ênfase em Estudos Literários - UFES - 2015). Mestre em Letras (com ênfase em Estudos Literários - UFES- 2008). Pós-graduada (Especialização) em Teoria Psicanalítica e Práticas Educacionais (UNIG- 2007), graduada em Letras (UFES- 1991) e em Direito (UVV- 1991). Professora convidada dos Cursos de Especialização Lato Sensu em: Linguagens: língua e literatura (Faculdade Saberes) e Educação (FABRA). De 2017 a 02/2020, atuou como Professora de Português na Universidade de Viena (Zentrum für Translationswissenschaft). Desde 2017, é professora de Português como Língua de Herança em Bildungsdirektion für Niederösterreich em St. Pölten e em Mödling na Áustria. Karina é uma defensora do Meio Ambiente e hoje responde como Conselheira fiscal do Instituto Ambiental Reluz.

terça-feira, 30 de março de 2021

Instituto Ambiental Reluz realiza ação de educação ambiental com estudantes na Áustria (Prof.ª Dr.ª Karina de Rezende-Fohringer)

 Há quase quatro anos, integro o time das professoras de português que trabalham no sistema público de ensino austríaco. Eu dou aulas de POLH (Português como Língua de Herança*) na Baixa Áustria para duas turmas (32 alunos), que têm entre 6 e 14 anos. A heterogeneidade dos grupos e, às vezes, o pouco contato dos/as alunos/as com a cultura dos países de língua lusófona são desafios a serem vencidos a cada encontro. Por isso, nós buscamos sempre (re)produzir na sala de aula, e em suas extensões, situações interculturais das mais simples às mais complexas como: escrever cartões-postais; ouvir e comentar podcasts; preparar e comer comidas típicas brasileiras; entrevistar pessoas que falam português.

É aí que entram em cena a Renata Bomfim e o Luiz Alberto Bittencourt, os fundadores do Instituto Ambiental Reluz. Apaixonados pelos animais e pelas plantas, o casal tornou-se exemplo de como devemos cuidar do Meio Ambiente. Assim, organizamos, no final de 2019, uma entrevista que se transformou numa inesquecível experiência para as crianças. 

Aqui, como no Brasil, os temas - “Água é vida”, “Coleta de lixo”, “Vida saudável”, “No parque, na floresta, na grama” e “As abelhas” - também são debatidos na escola. Vale ressaltar que, segundo a DW, a Áustria ocupa o 8º lugar no ranking dos países europeus com mais florestas, pois tem 46,7% do território coberto por florestas. 

Antes do dia da entrevista, os/as alunos/as assistiram a vídeos, analisaram alguns mapas que mostram a extensão do desmatamento da Mata Atlântica e das queimadas na Floresta Amazônica, bem como discutiram sobre os interesses e as perdas reveladas por essa destruição. 

Durante a entrevista, que aconteceu via Skype, Renata e Luiz responderam às perguntas elaboradas pelos/as alunos/as sobre a importância de uma reserva natural, sobre como é viver num lugar tão especial como esse, rodeados de fauna e flora nativas. Considerando que a língua é lugar de interação, os/as alunos/as foram levados/as a vivenciar, ainda que de longe, e a analisar aspectos sociais, políticos, históricos, econômicos e culturais do Brasil.

Após o bate papo, as crianças fizeram desenhos e/ou escreveram mensagens, expressando suas impressões sobre o assunto estudado. Para conhecer um pouco mais desta história, visite o site Plataforma do POLH. Lá você encontrará o artigo “Seja um guardião da natureza”, publicado na Revista Heranças (2020, p. 10), que conta mais detalhes de como o Instituto Ambiental Reluz foi parar numa sala de aula na Áustria. Eu sou a criadora e editora da Revista Heranças, que tem o apoio da Embaixada do Brasil em Viena.

Profª. Drª. Karina de Rezende-Fohringer Letras (Ufes) é profª. de Português como Língua de Herança/Áustria

*Língua de herança é aquela que se fala em família. A mãe ou o pai tem o português como língua materna e decide preservá-la dentro de casa.

segunda-feira, 8 de março de 2021

O Instituto Ambiental Reluz realiza Ciclo de diálogos com a presença de Juliene Campos, falando sobre "O pilar social da sustentabilidade na implantação de empreendimentos".



Olá amigos e amigas do meio ambiente, em comemoração ao mês da Mulher, o Instituto Ambiental Reluz realiza uma série de lives para dar maior visibilidade acerca da importante contribuição feminina no campo ambiental. Fecharemos esse Ciclo com chave ouro com a presença de Juliene Campos que abordará questões referentes à contribuição feminina na gestão de negócios sustentáveis. 

Venham participar desse encontro acessando o  Instagram  @institutoambientalreluz