Meliponário Reluz


As abelhas são seres imprescindíveis para a vida na terra e correm o perigo de desaparecerem. Desmatamento, queimadas, mudanças climáticas, uso de agrotóxicos, são alguns dos motivos que tem levado várias espécies de abelhas a entrarem na lista de extinção. Assim como as abelhas, variadas outras espécies de insetos também estão ameaçados. 

A Mata Atlântica é o lar de muitas abelhas sem ferrão, também chamadas de meliponíneos. Nós sempre observamos o vai e vem de jataís, bocas de sapo, Iraís, etc, na Reserva e admiramos essas criaturas tão pequeninas e extraordinárias, cerca de dois anos, surgiu o desejo de fazer um meliponário na Reluz. 

A Reserva natural Reluz não possui nenhuma atividade extrativista, ela foi criada com o objetivo de preservar o meio ambiente. O Meliponário Reluz busca contribuir para com a preservação das abelhas sem ferrão e, também, servir como mote para a educação ambiental, especialmente junto a escolas, pois, quanto mais pessoas conhecerem essas abelhinhas e a importância da sua existência na natureza, mais elas serão preservadas. 

O Meliponário Reluz está em vias de ser finalizado, e pretendemos inaugurá-lo ainda em janeiro de 2020.
Colocamos telhado nas caixas racionais para evitar que a chuva infiltre dentre da caixa e atrapalhe o processo de aproximação das abelhas, pois as caixas estão com atrativo. 

Há anos a gente vem plantando jardins e frutíferas para os animais e as abelhas e a mata fica bem próxima as caixinhas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário